8 dicas essenciais para uniformizar o tom da pele do rosto

8 dicas essenciais para uniformizar o tom da pele do rosto

20 de fevereiro de 2019 0 Por admin

O rosto lisinho e sem manchas é o desejo da maioria das pessoas, não é verdade? Muita gente acha que isso é um sonho distante, já que as marcas e pigmentos extras teimam em aparecer. Mas saiba que uniformizar o tom da pele pode ser mais fácil do que você imagina.

É isso mesmo! Com alguns cuidados no dia a dia é possível ter uma pele perfeita, do jeito que você sempre quis. Para isso é necessário se atentar a alguns detalhes, mas não fique preocupada: neste post, trouxemos tudo o que precisa saber para ter o rosto uniforme e radiante. Continue a leitura e confira as nossas dicas!

1. Saiba o que interfere no tom da pele

Antes de qualquer coisa, é interessante saber quais são as causas das manchas no rosto. Elas podem ter a ver com a genética, com acontecimentos ou com a falta de cuidados. Calma, que a gente já explica.

Essa alteração na cor da pele tem duas origens: a vascularização e a melanina. Sendo assim, o depósito de pigmentos pode ser por conta da hereditariedade, por queimaduras de sol, cicatrizes e problemas hormonais. É importante identificar quais são as causas das manchas para, então, fazer o tratamento adequado.

Powered by Rock Convert

2. Use proteção solar

Um dos grandes problemas para a pele é tomar sol sem proteção porque isso afeta tanto a saúde quanto a estética. Os raios solares podem causar câncer e manchas por todo rosto e corpo e não é isso o que queremos.

Portanto, nada de sair de casa sem o seu filtro solar, ok? Aliás, é preciso usar, mesmo em dias nublados ou em lugares fechados ou cobertos, mas que têm muita luz artificial, já que ela também provoca alterações na pele.

O fator de proteção solar deve ser, no mínimo, 30, para peles escuras e morenas, e acima de 50 para tons mais claros. Além disso, não se esqueça das áreas escondidas, como orelhas e nuca.

3. Atente ao seu tom de pele

Quanto mais melanina, mais tendência a ter manchas. Por isso, quem tem pele morena a negra deve ter cuidado redobrado com cicatrizes, irritação e processos inflamatórios.

O ideal é consultar o dermatologista para que ele prescreva o tratamento adequado, a fim de minimizar esse inconveniente. E mais uma vez: não se esqueça de usar o protetor solar!

4. Resista à vontade de espremer as espinhas

Outro grande problema das manchas é o surgimento de cravos e espinhas. Na verdade, para sermos mais exatos, o pior é quando a pessoa cisma em espremer esses pontinhos no rosto.

Quando fazemos isso sem preparo nenhum, ocorre um processo inflamatório e, muitas vezes, infeccioso, já que nas unhas existem bactérias. Tudo isso faz com que a cicatrização seja demorada e que a melanina se deposite e forme as temidas manchas.

Então, já sabe: tem uma espinha? Use um secativo indicado pelo médico e deixe que ele faça o seu trabalho. Inclusive, fazer a limpeza de pele profissional com frequência é bom para eliminar todas as impurezas, contando os cravos e espinhas.

5. Tenha um ritual de cuidados com a pele

Melhor do que tratar é prevenir. Somente mantendo os cuidados diários de beleza com a pele é possível ter a face lisinha e uniforme. Até porque de nada vai adiantar tratamentos e produtos específicos para manchas se não houver a manutenção do resultado, não é mesmo?

Portanto, se você ainda não tem uma rotina de beleza, é melhor pensar nisso. Com apenas alguns minutinhos por dia dá para manter uma pele bonita e saudável. Os passos são fáceis, como limpar, tonificar, hidratar e proteger e, por isso, são bem tranquilos de se fazer.

6. Use produtos para uniformizar o tom da pele

Alguns produtos são específicos para minimizar as manchas e uniformizar o tom da pele. Os princípios ativos resorcinol e a vitamina C são ótimos exemplos disso. Converse com o seu dermatologista para indicar qual é o melhor tratamento para a sua cútis.

Aproveite o inverno para cuidar das manchas, pois as substâncias usadas deixam a pele mais sensível à exposição solar, o que pode ter um efeito rebote e deixar a cútis ainda mais manchada. E não se esqueça: use e abuse do protetor solar, principalmente se estiver usando produtos clareadores.

7. Saiba utilizar a maquiagem a seu favor

Enquanto aquela manchinha desagradável não sai, que tal uniformizar o tom da pele com maquiagem? Hoje em dia, você encontra diversas makes que cumprem o seu papel e deixam um aspecto natural ao rosto.

Aliás, os primers, como o Primer Hidratante com Ácido Hialurônico, também são ótimos para ajudar nessa questão. Eles regularizam as imperfeições da cútis e, com isso, o acabamento da maquiagem fica mais bonito.

Para começar, passe o primer por todo rosto. Logo após, aplique a base com um pincel ou esponja apropriados. Então, deposite o corretivo com leves batidinhas nas manchas, cicatrizes e olheiras. Finalize usando um pó compacto para selar a make e matificar a pele.

8. Comece o quanto antes

É comum as pessoas se preocuparem com a cútis depois que ela não apresenta mais o mesmo viço e jovialidade. Mas saiba que, quanto mais cedo começarmos a nos cuidar, menos problemas teremos com a nossa pele.

Para isso, é interessante buscar o dermatologista para prescrever uma rotina de cuidados conforme o seu tipo de cútis. Se você é jovem, pense que o ritual de beleza é como se fosse uma poupança para que no futuro consiga manter a pele saudável e bonita por muito mais tempo. Esse é ou não é um bom motivo?

Viu como uniformizar o tom da pele é mais fácil do que você imaginava? Basta prestar atenção em alguns pontos e seguir as nossas dicas. Cuidar bem da nossa cútis vai além da estética: é uma questão de saúde, autoestima e bem-estar.

Neste post, deu para perceber o quanto é importante se proteger dos raios solares, não é verdade? Então, que tal aproveitar que está por aqui e conferir mais 6 cuidados com o sol fundamentais o ano todo?