Como usar os produtos Supérbia para o tratamento de cicatriz

Como usar os produtos Supérbia para o tratamento de cicatriz

Uma pele saudável, uniforme e sedosa é sinônimo de bem-estar e de autoestima elevada. No entanto, ao longo da vida, ela pode sofrer alterações provocadas por acidentes, cirurgias ou acnes. Nesses casos, vale a pena investir em um tratamento de cicatriz para evitar o desconforto.

A boa notícia é que a medicina já dispõe de procedimentos modernos, eficazes e acessíveis para essas situações. Quando se trata de saúde, nada melhor do que um profissional para tirar todas as suas dúvidas, não é mesmo?

Portanto, se você tem alguma marca que a incomoda, continue a leitura e confira a entrevista com a fisioterapeuta e pós-graduada em Estética e Cosmetologia Karol Guedes sobre tratamentos para cicatrizes.

Diferenças entre cicatrizes e queloides

Antes de falarmos sobre os tratamentos, precisamos entender que há dois tipos de marcas na pele: cicatrizes e queloides. A confusão maior é porque há mais de um tipo de cicatriz. A seguir, conheça quais são eles:

  • cicatrizes normotróficas — são aquelas cujo aspecto fica bem semelhante ao da pele antes da lesão. Ou seja, a pele fica quase igual ao que era antes, apenas com um sinal bem discreto, praticamente imperceptível;
  • cicatrizes atróficas — quando há perda do músculo e da gordura na região durante o processo de cicatrização, há também mudança no aspecto da pele, resultando em relevo. Um exemplo clássico são as cicatrizes causadas pela acne;
  • cicatrizes hipertróficas — resultam da produção excessiva de colágeno durante a cicatrização. Assim, enquanto a pele se recupera, forma-se um excesso apenas na superfície lesionada. Elas ficam com relevo mais evidente, vermelhas e com saliências.

Então, muitas pessoas confundem as cicatrizes hipertróficas com queloides, pois são bastante similares, principalmente porque ambas se formam a partir da produção acima do normal de colágeno na região. A diferença é que a queloide se espalha além da área lesionada e pode gerar dores no local.

Além disso, pode causar coceira, infeccionar e, até mesmo, ulcerar. Também, ao contrário da cicatriz hipertrófica, a queloide não regride espontaneamente e demora mais a responder aos tratamentos.

Prevenção de cicatrizes e queloides

Apesar de grande parte das lesões não poderem ser evitadas, especialmente as causadas por acidentes, alguns hábitos ajudam na cicatrização, evitando o surgimento de marcas. Os principais são:

  • manter a lesão sempre bem limpa e desinfetada;
  • em vez de algodão, utilizar uma gaze para limpar o machucado, dando batidinhas bem leves sobre o local;
  • não expor a pele ao sol, até que esteja totalmente cicatrizada;
  • trocar o curativo diariamente ou, se a gravidade da lesão exigir, mais de uma vez ao dia;
  • se possível, massagear levemente a pele ao redor da lesão com as mãos bem limpas. Isso estimula a circulação sanguínea e ajuda numa boa cicatrização;
  • nunca tirar as casquinhas que se formam sobre o machucado. Elas fazem parte da reconstrução da pele. Então, se foram retiradas, vão surgir marcas na região;
  • utilizar pomadas ou cremes cicatrizantes recomendados pelo médico;
  • usar fitas de silicone depois que a pele já estiver recuperada e sem sinais de inflamação ou infecção. Elas manterão a região hidratada e vão ajudar na regeneração da pele, evitando o surgimento de cicatrizes hipertróficas e queloides.

Entenda quais produtos não podem ser usados

Um dos maiores erros durante o processo de cicatrização é a utilização de produtos que acabam piorando a lesão, prejudicando a recuperação da pele e, como consequência, deixando cicatrizes bem visíveis no local.

Em primeiro lugar, use apenas os medicamentos de uso tópico indicados pelo médico, na frequência e quantidade recomendadas. O mesmo vale para a limpeza da lesão: além do soro fisiológico, use apenas o que o médico indicar.

Como mencionamos, use gaze em vez de algodão, pois o algodão solta pequenas fibras que podem infeccionar o machucado. Outras substâncias que prejudicam a cicatrização são produtos com muitos agentes químicos e não específicos para a recuperação da pele.

Até a cicatrização completa, utilize apenas o que o profissional recomendar. Depois de a pele estar recuperada, use fitas ou placas de silicone, que são feitas em grau médico e não necessitam de qualquer outro produto para agir e amenizar o aspecto da cicatriz.

As especificações das fitas e placas de silicone Supérbia

Não conhece o poder dos produtos de silicone na recuperação de lesões na pele? Então, veja, a seguir, as principais informações sobre o assunto. Saiba também como esse tipo de tratamento funciona na prática.

O que são as fitas e placas de silicone Supérbia

As fitas e placas da Supérbia são feitas em silicone grau médico: o mesmo utilizado na fabricação das próteses mamárias. Ou seja, são totalmente seguras para estar em contato direto com a pele.

Como as fitas e placas de silicone Supérbia agem no tratamento contra cicatrizes

Elas mantêm a região da lesão coberta e aumentam profundamente a hidratação da pele e, consequentemente, da cicatriz. Essa grande hidratação mantém a água do tecido nele próprio. Isso deixa a região menos avermelhada, diminuindo a sua espessura e evitando a formação de cicatrizes hipertróficas e queloides. Melhora, portanto, de forma significativa, a sua aparência.

Quais as indicações para o uso das fitas e placas de silicone Supérbia

As fitas e placas de silicone podem ser usadas tanto em cicatrizes recentes quanto naquelas mais tardias. De acordo com a recomendação da fisioterapeuta, os produtos são indicados para:

  • o tratamento de cicatrizes antigas e recentes — após a retirada dos pontos cirúrgicos;
  • em caso de aumento de espessura da cicatriz;
  • para cicatrizes causadas por feridas, traumas ou queimaduras;
  • para evitar a formação de queloide, seja por histórico familiar ou por reações ocorridas em outras cicatrizes.

Os benefícios das fitas e placas de silicone Supérbia no tratamento de cicatrizes

Eis as informações mais esperadas: qual o resultado da aplicação desses produtos? Conheça algumas vantagens e fique à vontade para esclarecer quaisquer dúvidas com o seu médico. Confira, abaixo, os benefícios do uso:

  1. promovem grande hidratação na região da cicatriz;
  2. podem auxiliar no processo de renovação da pele, deixando a cicatriz com um aspecto mais natural;
  3. podem melhorar a aparência da cicatriz, reduzindo a sua visibilidade;
  4. evitam a formação de queloides;
  5. previnem que a cicatriz se torne hipertrófica;
  6. podem comprimir a região, evitando que a cicatriz se torne elevada ou espessa;
  7. podem melhorar a textura da cicatriz, trazendo suavidade e uniformidade à pele;
  8. servem como tratamento para cicatrizes.

Veja esses antes e depois:

A utilização das fitas e placas de silicone

Por que o silicone é tão importante no tratamento de cicatrizes? Trata-se de um polímero obtido a partir da sílica existente no quartzo, aperfeiçoado e adaptado para adquirir grau médico. Isto é, uma variação do silicone projetada para não prejudicar o organismo e não irritar a pele. Por essa razão, o item é utilizado em diversos instrumentos médicos, como próteses, ponteiras de agulha e sondas.

As placas e fitas da Supérbia são aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Nos Estados Unidos, por exemplo, a técnica com elastômeros de silicone grau médico é recomendada por especialistas há mais de 20 anos. No Brasil, o tratamento vem se popularizando a partir da atuação da Supérbia no mercado.

No entanto, como o produto funciona, na prática? Ao aplicar o adesivo na pele, ele utiliza a água do próprio corpo, estimula a hidratação e auxilia na renovação da pele. Por isso, de forma prática e indolor, o paciente obtém melhora na coloração e na textura da cicatriz. Isso torna a região afetada mais suave e uniforme.

O tempo de tratamento para pacientes que utilizam esse recurso

Uma das perguntas mais comuns nos consultórios é sobre quando o resultado será perceptível. Isso é normal, afinal, quem não se sente inseguro com a aparência quando algo visível incomoda? Portanto, além de consultar o dermatologista, é importante conhecer o tempo de utilização de cada item do tratamento.

O tempo de tratamento para cicatrizes varia de caso a caso. No entanto, a fita de silicone pode ser usada até que haja a melhora desejada pelo paciente. Por ser um material totalmente compatível com o nosso tecido, não obtemos nenhum caso de alergia.

Não há restrição para o uso prolongado da fita de Silicone para Cicatriz Supérbia, mas são recomendados a consulta e um acompanhamento com um médico especialista, principalmente nos casos de cicatrizes recentes.

Onde encontrar e comprar

Se você chegou até aqui, deve estar se perguntando onde comprar esses produtos utilizados no combate às cicatrizes. Eles podem ser encontrados diretamente no site da Supérbia, na categoria “Adesivos”.

Lá, estão todas as opções dos adesivos de silicone. Para os tratamentos de cicatrizes, os adesivos mais indicados são: as placas e as fitas de silicone, que ainda podem ser cortadas, de acordo com os tamanhos das lesões que se deseja tratar.

Como você viu, já existem alternativas para minimizar os efeitos das cicatrizes indesejadas. Portanto, se você tem alguma marca e gostaria de amenizá-la, consulte o seu dermatologista. Somente ele pode identificar o seu caso e indicar o melhor tratamento de cicatriz.

Assim, você ficará em dia com a sua saúde, melhorará o seu bem-estar e ainda se sentirá mais segura e confortável ao se olhar no espelho.

Quer saber mais sobre como as fitas e placas de silicone ajudam no aspecto da pele? Então, aproveite a visita no blog e entenda como usar silicone grau médico podem ser usados no tratamento de cicatrizes.

 

Ana Carolina Guedes
CREFITO 3 – 98.289-F

Fisioterapeuta graduada na Universidade Paulista – UNIP; Pós-graduada em Fisioterapia Estética e em Estética e Cosmetologia; Atuando na área da estética há 14 anos; Atualmente é docente pelo ICosmetologia nos cursos de Pós Graduação e MBA; Docente pelo NOE, Docente nos cursos técnicos de estética e farmácia pelo Colégio 24 de Maio.

Quer ficar por dentro de todas as novidades do mundo da beleza?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer ficar por dentro de todas as novidades do mundo da beleza?

Se inscreva aqui!X