Rugas nasolabiais: quais são as causas e como amenizá-las?

7 minutos para ler

Sinais de envelhecimento surgem naturalmente, tornando-se mais visíveis na superfície da nossa pele. No entanto, isso não ocorre só pelo avançar da idade, mas também por alguns hábitos e agentes influenciadores. Um dos primeiros indícios são as rugas que aparecem em algumas partes do rosto, como as linhas ao redor da boca, chamadas de rugas nasolabiais.

À medida que o tempo avança, essas rugas tendem a ficar mais profundas, deixando o rosto com um aspecto envelhecido — além de serem uma desvantagem para quem é adepto das maquiagens, pois o pó compacto se acumula nessas linhas, deixando-as mais evidentes. A boa notícia, porém, é que esse problema pode ser amenizado, e de diversas maneiras!

Preparamos este artigo para que você entenda melhor o que são as rugas nasolabiais, além de dar dicas importantes sobre prevenção, que devem se tornar um hábito na sua rotina de beleza. Interessada? Então, acompanhe a leitura para conferir!

O que são as rugas nasolabiais e quais são suas principais causas?

Basicamente, trata-se de marcas de expressão aprofundadas ao redor e nos cantos externos da boca, que se ampliam para os lábios e na borda do nariz. Essas rugas são constituídas por músculos e feixes de tecido fibroso (elementos que mantêm a pele rígida) que começam a se reduzir, deixando essa estrutura enfraquecida. Assim, a pele fica mais fina e flácida, tornando as rugas visíveis e formando o famoso “bigode chinês”.

Por que essas rugas surgem?

Não são apenas os sinais de envelhecimento que podem causar rugas, mas também alguns hábitos do nosso dia a dia (como comer, sorrir e falar) que têm influência direta na ação muscular dessa região ao redor dos lábios. Todas essas atividades acontecem por movimentos repetitivos, formando pequenas linhas que, com o passar do tempo, se aprofundam.

Ainda há outras condições capazes de contribuir para o surgimento de rugas nasolabiais, como roer as unhas, morder tampas de caneta ou beber utilizando canudos. Além disso, a falta de cuidado com a pele também pode favorecer o surgimento de rugas, de modo geral, que se tornarão mais evidentes com o passar da idade.

Quais são os possíveis fatores de risco?

Como dissemos, o aparecimento dessas marcas vem de um conjunto de ações que envolve atividades musculares e o envelhecimento tanto cronológicos quanto ambientais. A seguir, vejamos quais são os principais fatores de risco nesse sentido.

Consumo de tabaco

O tabagismo possibilita que as rugas se tornem mais aparentes em todo o rosto. Isso porque a ação da musculatura na região da boca fica mais vulnerável aos radicais livres, além de a nicotina dificultar a respiração da pele, contribuindo para o seu envelhecimento.

Exposição ao sol

Os raios ultravioleta também favorecem a formação de radicais livres, aumentando as linhas de expressão e deixando a pele com um aspecto mais envelhecido, principalmente em pessoas de tom mais claro.

Perda brusca de peso

O emagrecimento brusco faz com que as pessoas aparentem ser mais velhas, pois o aspecto da pele suave e preenchida muda completamente com a eliminação da gordura subcutânea, que ajuda a enrijecer o rosto.

Insônia

Muitos não sabem disso, mas uma noite mal dormida contribui bastante para o surgimento precoce de rugas. Isso porque, entre outras coisas, a falta de sono prejudica o estímulo de hormônios envolvidos diretamente na renovação do colágeno.

Quais são os tipos de tratamento?

Graças à tecnologia e à evolução da medicina, existem hoje no mercado vários métodos para minimizar ou tratar a presença visual das rugas nasolabiais — desde tratamentos não invasivos, de uso tópico, até procedimentos invasivos e auxiliares. Veja alguns deles a seguir!

Tópico

Cremes antirrugas a base de ácidos como retinóico, hialurônico e glicólico são válidos para prevenir e tratar o aparecimento de rugas, pois promovem a renovação das células e garantem mais sustentação. No entanto, todos eles devem ser indicados por um dermatologista, para evitar possíveis efeitos colaterais como irritações e alergias.

Peeling

Os produtos químicos usados no peeling conseguem remover as camadas superficiais da pele, amenizando as rugas mais finas e estimulando a sua produção de colágeno.

Botox

A aplicação de Toxina Botulínica pode diminuir os efeitos das rugas, pois promove o relaxamento muscular, especialmente na região do lábio superior.

Laser

Esse método atinge todas as camadas superficiais da pele, promovendo a troca das células, a contração muscular e a formação de colágenos.

Adesivos de silicone

Natural e não invasivo, esse tratamento altamente eficaz consiste no uso de películas de silicone que agem promovendo a hidratação da região aplicada por meio da própria água do organismo. Assim, não provocam alergias ou irritações, deixando a pele mais lisa. Veja alguns resultados reais:

Tanto as linhas no rosto quanto as rugas nasolabiais podem ser suavizadas com os adesivos da Supérbia, que além de garantir a hidratação evita a formação dos vincos e novas marcas. O adesivo de silicone para os olhos e bigode Chinês é um dos indicados que pode proporcionar este benefício, além de tratar as bolsas que surgem embaixo dos olhos.

Confira outros diferenciais dos Adesivos Antissinais:

Como prevenir o aparecimento dessas rugas nasolabiais?

Além dos cuidados diários com a pele para prevenir o surgimento de rugas, é importante seguir algumas dicas, tais como:

  • não fumar — como já vimos, a ação oxidativa desencadeada pelo fumo afeta a elasticidade e a resistência da pele;
  • beber muita água — além de facilitar o bom funcionamento do organismo, também hidrata o corpo e a pele;
  • manter uma alimentação saudável — o equilíbrio nutricional é essencial para a prevenção de rugas, principalmente no consumo de alimentos rico em proteínas, vitaminas e frutas, que estimulam a formação do colágeno e têm ação antioxidante;
  • evitar o estresse — dormir bem e relaxar são princípios básicos para manter uma pele bonita e saudável. Além de evitar as linhas de expressão, isso promove a confecção de substâncias que suavizam a pele e a própria produção de colágeno;
  • utilizar protetor solar — a exposição ao sol e aos raios ultravioleta facilitam o surgimento de rugas, como dissemos, destruindo as ligações de colágeno e deixando a pele enfraquecida. Por isso, é fundamental usar sempre um protetor solar com, no mínimo, 30 FPS.

Enfim, rugas nasolabiais tendem a incomodar muitos os pacientes, pois são bem evidentes. Portanto, lembre-se de cuidar da pele desde cedo e manter hábitos de vida saudáveis, com exercícios físicos regulares e uma boa alimentação. E não hesite em lançar mão de tratamentos que possam lhe auxiliar — mas buscando sempre a orientação de um especialista, ok?

Gostou do nosso artigo? Então, aproveite a visita para conferir a linha de adesivos que a Supérbia tem a oferecer para você, auxiliando a sua prevenção e amenização de rugas!

Posts relacionados

Deixe um comentário