Como se dá a renovação celular da pele? Entenda agora mesmo

4 minutos para ler

À medida que vamos envelhecendo, diversos fatores vão mudando no nosso corpo, podendo ser observados até mesmo a olho nu, como a textura e a renovação celular da pele. Isso porque, com o passar dos anos, a tendência é que a pele se torne mais opaca e menos viçosa, além da diminuição de sua elasticidade.

No entanto, para prevenir estes danos futuros, é preciso ter um cuidado com a pele desde cedo, visto que há diversos fatores que podem acelerar esse processo, como desnutrição, poluição, exposição excessiva ao sol e má qualidade do sono.

Além disso, saber como funciona o processo de renovação celular e a importância desse ciclo pode ajudar a manter a cútis saudável por mais tempo. Por isso, preparamos este artigo para que você entenda como funciona a renovação celular e a importância da hidratação e esfoliação nesse processo. Acompanhe!

O que é a renovação celular da pele?

As células da pele têm sua origem na camada mais profunda da epiderme e são conduzidas para a faixa superficial onde se localizam os poros. Lá, as células chegam mortas em um processo que pode durar até 28 dias.

No entanto, a partir dos 26 anos de idade, essa atividade pode chegar a 40 dias. Isso porque, o processo natural do organismo faz com que as células já mortas sejam descartadas, dando o espaço para as novas células. Contudo, com o passar dos anos, esse ritmo vai diminuindo e , consequentemente, aumentando os dias de renovação celular.

Qual a importância desse ciclo para a beleza da pele?

O ciclo de renovação celular é o que faz manter a beleza da pele, deixando-a com a aparência mais saudável. Quando esse ritmo é alterado ou o índice de renovação diminui a pele perde o brilho, fica sem vitalidade e mais opaca.

Para a melhor aparência da pele, além do ciclo de renovação celular natural, é possível acelerar essa troca e facilitar o processo, evitando que as células permaneçam retidas e desidratadas.

Como funciona o ciclo de vida da pele?

O ciclo de vida e a renovação celular da pele acontecem em três camadas, conhecidas como epiderme, derme e hipoderme. Estas superfícies permitem que a pele se mantenha saudável, além de favorecer a remoção das células mortas e manter o seu viço.

Todas estas camadas fazem parte do ciclo de vida da pele e sofrem inúmeras alterações ao longo do tempo, sendo preciso estar hidratada e integra para ser considerada como manto protetor.

Qual a importância da hidratação para a renovação celular?

A hidratação diária é importante para a reposição de líquidos no organismo, proporcionado um equilíbrio para a pele. Quando a pele esta desidratada as linhas de expressão e rugas são ressaltadas, além das aparências opaca e áspera evidenciadas.

Já com hidratação, a pele fica com aspectos firme e saudável, pois ela evita o seu ressecamento e estimula a renovação celular. Mas, vale ressaltar que é preciso utilizar produtos específicos para o seu tipo de pele para que o efeito seja satisfatório.

Porque realizar esfoliação para remover as células mortas?

A esfoliação ajuda na melhor absorção de produtos, pois além de eliminar as células mortas, ela ainda desobstrui os poros da pele. Assim, sem os poros entupidos, a renovação celular da pele é favorecida, deixando-a com aspecto mais viçoso.

No mercado existem diversos produtos para esfoliação que estimulam a renovação da pele e a síntese do colágeno, limpam a camada de células mortas, fazendo com que o processo volte a ocorrer de forma equilibrada e natural, como ácidos, retinol e cremes.

Como vimos, é importante cuidar da saúde, alimentar-se de maneira correta, ingerir líquidos, ter uma boa noite de sono e praticar atividade física, pois esses hábitos contribuem para o processo de renovação celular da pele.

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe em suas redes sociais para que seus amigos e parentes também saibam da importância de manter a saúde da pele.

Posts relacionados

Deixe um comentário