Rejuvenescimento facial: não deixe que os agentes externos prejudique sua pele!

6 minutos para ler

Uma cútis bonita e saudável é o desejo da maioria das pessoas. No entanto, as agressões diárias que sofremos podem adiar esse objetivo. Pensando nisso, você sabe quais são os cuidados para o rejuvenescimento facial?

A pele é o maior órgão do corpo humano e tem a função de formar uma barreira para proteger o organismo de diversos problemas. Por isso, nada mais certo que tratar muito bem dela para evitar o seu enfraquecimento, não é mesmo? Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura, pois é sobre isso que falamos neste post, confira!

O que causa o enfraquecimento da pele?

Assim como cuidar do corpo, se preocupar com a pele é mais que uma questão de estética, é de saúde. Saiba que os mesmos agentes capazes de envelhecer a cútis, também são responsáveis pelo câncer de pele, por exemplo. Afinal, o que causa esse enfraquecimento?

São vários os fatores que agridem a derme. Eles são classificados em dois grupos: os internos e os externos. No primeiro, temos a má alimentação, o estresse, o sedentarismo e os vícios, como álcool, tabaco e outras drogas. Já no segundo, estão a radiação solar e a poluição.

Como essas condições afetam a pele exatamente? Elas aumentam a produção de radicais livres, que são compostos resultantes do nosso metabolismo. Apesar de ser normal em nosso corpo, uma quantidade alta de radicais livres leva as células ao estresse oxidativo, ou seja, à morte, ocasionando o envelhecimento precoce.

Além disso, todos esses fatores geram respostas biológicas do organismo, mexendo em toda a estrutura e organização da pele e reduzindo drasticamente a produção de colágeno e elastina — substâncias que dão firmeza e elasticidade à pele. Sabe qual é o resultado disso? Flacidez, manchas e rugas aparecendo mais cedo que o normal.

O que é expossoma?

Você já ouviu falar em expossoma? Ele é um termo utilizado pelos dermatologistas para conceituar o conjunto de fatores que levam ao envelhecimento e ao enfraquecimento precoce da pele, incluindo a condição genética. Sim, os nossos genes também têm muito a ver sobre a qualidade da cútis, assim como eles influenciam em todo o nosso corpo.

Além do mais, o acúmulo de danos e a forma com que o organismo reage às agressões também entram nesse conceito. Aliás, sabia que a expressão foi usada pela primeira vez em 2005? Sim, ela foi dita pelo Dr. Christopher Wild em uma pesquisa sobre os impactos desse grupo de fatores que tanto prejudicam a pele.

Como fortalecer a pele?

Bom, agora que você já sabe dos problemas enfrentados pela cútis diariamente e o que os causam, que tal aprender a cuidar mais da pele para atenuar os efeitos dos agentes agressores, evitar o envelhecimento precoce e ter o rejuvenescimento facial? Neste tópico, trouxemos dicas incríveis. Olha só!

Proteja-se do sol

Se pudéssemos listar os vilões da pele, o sol estaria em primeiro lugar. Embora a exposição solar seja necessária para o organismo, é preciso fazê-la de maneira saudável. Apenas 10 minutos por dia sem proteção é o suficiente. Após isso, é extremamente importante o uso do protetor solar.

Aplique conforme as instruções de uso da embalagem, lembrando que quanto mais clara a cor da cútis, maior deverá ser o fator de proteção. Não se esqueça de passar o produto nas áreas escondidas, como orelhas e nuca, e que mesmo em dias nublados e com chuva é preciso usar o protetor. O sol pode não aparecer, mas seus raios estão agindo.

Tenha uma alimentação saudável

Lembra dos radicais livres que falamos? Felizmente, a natureza nos deu um antídoto para eles em forma de substâncias presentes em alguns alimentos: os antioxidantes. Como consegui essas maravilhas? Simples, adotando uma alimentação saudável, rica e variada em vegetais frescos e, de preferência, orgânicos, já que os agrotóxicos também são fatores inclusos no expossoma.

Evite o estresse

O estresse aumenta consideravelmente a produção de radicais livres pelo organismo. Além disso, desencadeia uma série de respostas que levam ao envelhecimento precoce, pois favorecem as inflamações e outras reações tão prejudiciais à pele.

Boas maneiras de reduzir o “mal do século” (estresse) é tendo uma rotina com hábitos saudáveis, que inclua momentos de lazer e relaxamento. Ter um hobby e passar bons momentos com a família e amigos são boas sugestões.

Pratique atividades físicas

Todo mundo sabe que a prática de atividades físicas é muito importante para a saúde. Ela previne doenças, reduz a flacidez muscular, ajuda na manutenção do peso saudável, entre outros benefícios. Além disso, melhora a circulação sanguínea de todo o corpo, assim como a da pele, levando mais oxigênio e nutrientes para esse órgão. Por isso, fuja do sedentarismo e escolha as suas modalidades preferidas para praticar.

Abandone os maus hábitos

O abuso de álcool e o uso de cigarro e outras drogas também são capazes de acelerar o envelhecimento precoce. Isso porque ao ter esses maus hábitos, o organismo produz muitos radicais livres. É por isso que, geralmente, pessoas que mantêm esses vícios costumam ter a pele com pouca qualidade e apresentam rugas, manchas e flacidez.

Tenha uma rotina de cuidados

Manter uma rotina de cuidados é fundamental para ter uma cútis bonita, com viço e luminosidade. É por meio dela que conseguimos eliminar a poluição que se acumula ao longo do dia, além de obter os nutrientes necessários.

Para isso é preciso escolher muito bem os produtos que vai usar em sua pele. Aposte em marcas que oferecem itens de alta qualidade e com substâncias ativas, que ajudam na prevenção do envelhecimento precoce e até mesmo na suavização de rugas e marcas de expressão.

O rejuvenescimento facial depende de muitos fatores, não apenas os estéticos. Pouco vai adiantar investir em tratamentos, se não mantiver hábitos saudáveis. Sendo assim, para conseguir uma pele saudável e bonita é essencial manter uma rotina diária de beleza e se proteger dos agentes agressores.

Você já apresenta algumas rugas ao redor dos olhos ou quer saber como evitá-las? Então aproveite que está por aqui, leia o nosso post e conheça 6 tratamentos que podem te ajudar!

Posts relacionados