Produtos hipoalergênicos: saiba como escolher e onde comprar

Produtos hipoalergênicos: saiba como escolher e onde comprar

18 de março de 2019 0 Por admin

Você sabe o que são produtos hipoalergênicos? Esse tipo de cosmético é indicado para pessoas com peles sensíveis e apresenta fórmulas que prometem minimizar os riscos de alergias e dermatites de contato.

Quer entender como eles funcionam, por que são indicados e como escolher o melhor para você? Continue lendo este post e descubra como esse tipo de produto pode diminuir os casos de reações alérgicas!

O que são produtos hipoalergênicos?

Produtos hipoalergênicos são aqueles testados em laboratórios e desenvolvidos sem o uso de substâncias que possam causar alergias. A maioria dos produtos destinados para bebês, por exemplo, apresentam esse tipo de fórmula.

Apesar de não ser possível garantir que o produto não causará nenhuma alergia, pois cada organismo é único, os hipoalergênicos são muito mais seguros, pois não utilizam substâncias que causam reações alérgicas com mais frequência.

Para que um produto possa utilizar o termo “hipoalergênico” em sua embalagem, é preciso que a empresa o submeta a testes clínicos de sensibilidade cutânea e fotoalergia, que atestem a sua baixa incidência de reações alérgicas.

Produto hipoalergênico é a mesma coisa que antialérgico?

Não, são duas coisas diferentes. Os hipoalergênicos são produtos que passaram por testes e apresentam fórmulas específicas para minimizar os riscos de alergias. Podem ser encontrados, por exemplo, como hidratantes, shampoos e sabonetes.

Já os antialérgicos são medicamentos utilizados para amenizar os sintomas da alergia e tratá-la. Os antialérgicos podem vir em formato de cremes ou pomadas, contudo, tem uma função diferente dos cosméticos.

Como os hipoalergênicos podem trazer benefícios para a pele sensível?

Por serem livres de determinadas substâncias, os cosméticos hipoalergênicos são ideais para pessoas com peles sensíveis. Isso porque eles apresentam ativos diferenciados, como substâncias neutras e naturais, além de, muitas vezes, serem livres de fragrâncias.

Pessoas com peles sensíveis são as mais propensas a desenvolverem dermatites de contato, uma reação alérgica que causa ardor, coceira, vermelhidão e descamação da pele. Esse tipo de reação acontece, principalmente, em consequência do uso continuado e cumulativo de determinados produtos.

Por isso, o uso de produtos hipoalergênicos é fundamental para pessoas com esse tipo de pele, pois eles raramente produzem reações alérgicas ou irritantes.

Quais são as principais substâncias causadoras de alergia?

As principais substâncias que podem provocar alergias são os conservantes, como o parabeno, a isotiazolinona e o fenoxietanol. Esses produtos, além de serem mais propensos a alergias, também podem deixar um aspecto áspero em peles mais delicadas.

No caso dos esmaltes, é importante que as fórmulas não contenham tolueno, formol, dibutilftalato ou cânfora. Já nos shampoos e demais produtos capilares, as substâncias mais reativas são a lanolina, Quartenium 15, Germal 115, Kathon CG, parafenilenodiamina, nitrocelulose e cloreto de cobalto. Por outro lado, os hidratantes corporais devem ser livres de propilenoglicol e parabenos.

Ao todo, são mais de 100 substâncias que podem causar problemas, portanto, o mais indicado em casos de predisposição para alergias é procurar um especialista antes do uso de qualquer tipo de cosmético.

Como a pele reage?

As reações alérgicas a cosméticos são mais comuns do que imaginamos e podem acontecer em forma de placas vermelhas, asperezas, edemas e ardores. É possível que a pele apenas apresente uma resposta exagerada a alguns produtos com alto potencial irritante quando utilizados com frequência, nesses casos, os sintomas somem em algumas horas.

Já a reação alérgica depende da formação de células que lutarão contra a substância alérgena, o que depende de uma predisposição individual do organismo. Como as células têm memória, a reação volta a acontecer sempre que o indivíduo entra em contato com a substância que desencadeou a alergia.

Além dos princípios ativos, em climas mais secos, como o inverno, as predisposições para alergias também aumentam. Isso porque a pele fica mais ressecada, o que facilita a penetração das substâncias.

Como escolher o melhor produto?

Quem tem pele sensível ou alguma alergia deve ter atenção redobrada na hora de escolher seus produtos. Leia as embalagens com calma e busque por itens hipoalergênicos e livres de fragrâncias. Opções sem parabenos também são menos agressivas e devem ser priorizadas.

Uma boa dica é buscar sempre por marcas conhecidas, com registro na Anvisa e que passem por rigorosos testes de qualidade. Ao comprar seus produtos, faça um teste de contato no antebraço por uma semana para evitar reações indesejadas.

O prazo de validade também deve ser respeitado para minimizar riscos. Ao notar qualquer alteração de cor ou odor, descontinue o uso do produto e realize o descarte.

Produtos manipulados são mais seguros?

No caso de cosméticos manipulados, existem os dois lados da moeda. Apesar de as fórmulas serem mais personalizáveis, podendo excluir substâncias passíveis de reações, esse tipo de produto apresenta validades mais curtas. Além disso, o controle de qualidade pode não ser tão rígido quanto em processos industrializados.

A boa notícia, entretanto, é que as grandes marcas de beleza já estão pensando sobre o assunto e abolindo os ativos comprovadamente agressivos.

Quais os principais produtos hipoalergênicos?

Já é possível encontrar no mercado uma gama de produtos hipoalergênicos para funções variadas. Entre ele, os principais são:

  • shampoos e condicionadores;

  • máscaras capilares;

  • protetores solares;

  • tinturas de cabelo;

  • esmaltes;

  • perfumes;

  • cremes e loções faciais;

  • sabonetes;

  • desodorantes;

  • hidratantes corporais;

  • maquiagens.

Os adesivos antissinais da Supérbia, por exemplo, são produzidos com silicone grau médico e totalmente seguros para qualquer pessoa, inclusive gestantes e indivíduos com pele sensível e predisposição à alergia.

Como vimos, produtos hipoalergênicos são a melhor opção para pessoas com pele sensível e predisposição a reações alérgicas. Isso porque eles passam por inúmeros testes cutâneos e apresentam uma formulação pensada especialmente para minimizar os riscos de alergias.

Contudo, nenhum produto tem garantia de ser totalmente seguro. Por isso, se você sente reações estranhas ao manipular algum produto ou cosmético, é importante descontinuar o uso e procurar um dermatologista. Esse profissional poderá, por meio de testes, identificar quais as substâncias que estão provocando as reações.

Gostou do post e quer saber onde comprar seus produtos hipoalergênicos? Os cosméticos da Supérbia são dermatologicamente testados, aprovados pela Anvisa e apresentam testes de comprovação de eficácia. Acesse nosso site e conheça toda a nossa linha!