Você sabe o que é derme e epiderme?

3 minutos para ler

Derme e epiderme. Com certeza você já deve ter ouvido essas palavras associadas a tratamentos cosméticos. Ambas são camadas que compõem a pele, mas você sabe a diferença entre as duas?

Na verdade, saber distingui-las é importante para compreender a ação do tratamento cosmético que você escolheu, e administrar suas expectativas em relação aos resultados.

Diferença entre derme e epiderme

A epiderme é a camada mais superficial da pele. Entre as principais funções da epiderme estão a proteção do meio interno, além da absorção, difusão, excreção e filtração de substâncias.

A derme está localizada imediatamente abaixo da epiderme. Trata-se de uma segunda camada da pele que é responsável pelas propriedades de elasticidade, resistência e também pela nutrição sanguínea da epiderme.

Ação dos cosméticos sobre a pele

A função de todo tratamento cosmético é prevenir a deterioração da pele e reestabelecer o equilíbrio fisiológico quando necessário.

Portanto, a maioria dos produtos cosméticos age sobre a epiderme, ou seja, sobre a camada mais externa da pele. Em geral, são produtos sem caráter terapêutico e de efeito imediato, que não penetram na estrutura celular nem entram em contato com a corrente sanguínea.

Os Adesivos Antissinais Supérbia, por exemplo, são um tratamento cosmético para rugas e sinais de expressão que atua sobre a camada superficial da epiderme. Por meio de atuação mecânica, eles mantêm a pele da região da ruga esticada e coberta. Desse modo, a água produzida pelo próprio corpo se conserva na pele e não evapora, aumentando hidratação da região e deixando a pele lisa e sem rugas.

Já os tratamentos que incidem sobre a derme, como lasers, peelings e botox, são considerados procedimentos médicos de profundidade e devem ser utilizados sob a orientação de um profissional dermatologista.

É importante ressaltar que os dois tipos de tratamento podem ser complementares. Ou seja, você pode utilizar um produto cosmético para tratar a camada mais superficial da pele e complementar com um tratamento médico mais profundo, para obter resultados mais expressivos.

O importante é não confundir os dois, e não utilizar cosméticos como tratamento médico e vice-versa. Além, claro, de complementar os seus cuidados com a saúde por meio de uma dieta equilibrada, atividades físicas, entre outras práticas.

Como escolher o melhor tratamento?

Um dos problemas mais enfrentados por mulheres de diferentes idades são as rugas do colo. Existem muitos métodos e tratamentos disponíveis, mas como a pele da região é mais espessa, as rugas que se formam ali são mais fundas e, portanto, mais difíceis de tratar.

Mas antes de escolher um tratamento, é preciso entender o que causa as rugas e, a partir daí, decidir qual é o método mais adequado para o seu caso.

No vídeo acima, a Dra. Paola Costa, dermatologista da Clínica Unire, fala sobre as causas das rugas no colo e recomenda os Adesivos Antissinais Supérbia, entre outras opções de tratamento.

Posts relacionados

Deixe um comentário