Exercícios faciais antienvelhecimento: o que é yoga para o rosto?

11 minutos para ler

É comum associarmos uma pele firme, bem hidratada e sem rugas no rosto com o uso de cremes e tratamentos caros ou técnicas invasivas. No entanto, o que poucos sabem é que existem massagens e exercícios faciais que visam combater os sinais de envelhecimento usando apenas o toque das mãos. É a chamada Yoga para o rosto.

Basicamente, esse método se baseia em manobras de exercícios que fortalecem os músculos do rosto, deixando-o com aspecto mais tonificado, bonito e saudável. Mas, afinal, essa técnica realmente funciona para o rejuvenescimento facial? É o que veremos neste artigo! Continue para conferir.

Qual é a importância de exercitar a musculatura facial?

Sabemos que exercícios moderados e regulares são recomendados para pessoas de todas as idades, uma vez que proporcionam mais saúde e bem-estar, de modo geral. Entre as diversas vantagens disso, podemos citar:

  • auxílio ao controle do peso corporal;
  • favorecimento das articulações, ossos e músculos;
  • alívio de dores em casos como artrose e artrite;
  • combate a sintomas de depressão e ansiedade.

O fato é que, assim como o corpo necessita de atividades físicas, nosso rosto também precisa ser trabalhado. Para dar forma à face logo abaixo da pele, existem componentes de revestimentos constituídos por camadas de gordura e músculos. Com o passar dos anos, no entanto, essa camada se torna flácida, deixando a pele fina e murcha, e o rosto cansado.

Nós temos, aproximadamente, 11 músculos no rosto. Os elásticos e de contração da face são os responsáveis pela linha de expressão, tendo a capacidade de estender e contrair para formar expressões faciais, como de raiva, choro ou riso. Realizar exercícios faciais, portanto, ajuda justamente a fortalecer essa musculatura do rosto, deixando-o mais cheio.

A premissa básica é fornecer resistência e aumentar a perda de gordura. Assim, o rosto fica mais firme e completo, preenchendo a flacidez causada pelo envelhecimento, arredondando os contornos faciais e reduzindo as rugas na testa.

Há evidências de que os exercícios faciais funcionam?

Um estudo realizado em 2018 na Northwestern University, nos Estados Unidos, encontrou evidências de que exercícios faciais praticados diariamente conseguem reduzir alguns sinais visíveis de envelhecimento.

Seu grupo de estudo foi pequeno e limitado — cerca de 16 mulheres, entre 40 a 65 anos de idade. Portanto, sem outros dados dermatográficos, ainda não há comprovações de que a Yoga para o rosto funcione igualmente para todos. Ainda assim, os estudos iniciais são promissores.

Certamente, considerando uma indicação cautelosa, com dedicação significativa de tempo e uma vida saudável, essa prática será benéfica para você!

O que é e como funciona a Yoga para o rosto?

A Yoga é uma prática milenar baseada na harmonia entre corpo e mente a partir de técnicas de respiração. Mas não é só o corpo, como um todo, que pode se beneficiar dela. Quando aplicada especificamente ao rosto, ela também promete proporcionar inúmeros benefícios, como uma diminuição das rugas nos olhos, aumento da firmeza e levanto da pele.

Nesse caso, a Yoga funciona como um treinamento de resistência para o rosto, por meio de exercícios como realizar expressões faciais, automassagens, toques suaves, movimentos repetitivos e específicos para ativar e enrijecer os músculos.

A diferença entre Yoga para o rosto e ginástica facial

Como dissemos, a Yoga para o rosto tem o seu foco na obtenção e manutenção de uma face mais saudável. Trabalhando tanto músculos quanto pele, ela melhora diversos aspectos, desde a ativação da circulação sanguínea facial, até a sua hidratação e relaxamento.

A ginástica facial, por sua vez, foi desenvolvida inicialmente para casos de paralisa da face. Seu objetivo, portanto, é trabalhar somente a musculatura facial, buscando estimular o seu fortalecimento e a recuperação do quadro.

Quais são os benefícios da Yoga facial?

Como dissemos, com o avançar da idade é natural que a nossa pele vá ficando flácida e perdendo tecidos de sustentação. Os exercícios faciais, porém, estimulam a liberação de certas toxinas e a produção de elastina e colágeno, melhorando o tom do rosto e deixando a pele mais firme, com aparência saudável.

Ao exercitarmos os músculos, favorecemos os estímulos em todas as camadas da pele, desde as superficiais até as mais profundas, contribuindo para a oxigenação e a circulação do sangue, bem como a distribuição de nutrientes. Por outro lado, estresse, tensão e cansaço são alguns dos fatores que contribuem para o surgimento ou aprofundamento precoce das rugas, por exemplo.

Considerando tudo isso, os exercícios da Yoga para o rosto oferecem vários benefícios importantes. Vejamos, a seguir, os principais deles!

Diminui as tensões

Além de contribuir para o bom funcionamento do corpo como um todo, auxiliando o relaxamento, a concentração e a respiração, a Yoga diminui as tensões específicas da face, pois suas manobras são precisas e localizadas.

Melhora o aspecto da pele

Os exercícios realizados no rosto também ativam a circulação sanguínea e o sistema linfático, o que revigora o aspecto da pele, amenizando até as espinhas.

Contribui para a autoestima

Realizar atividades físicas melhora o bom funcionamento do organismo e causa bem-estar — com a Yoga para o rosto, isso não é diferente. Além de melhorar a respiração e a concentração, as manobras realizadas na pele previnem imperfeições, trazem segurança e aumentam a autoestima.

Elimina as olheiras e bolsas

Quando realizado logo abaixo dos olhos, o procedimento também ajuda a eliminar o depósito de melanina, que causa as olheiras, e as inflamações localizadas, que dão origem às bolsas.

Revigora os músculos do rosto

O aumento da circulação sanguínea e oxigenação celular melhora a produção de colágeno para o tecido conjuntivo, prevenindo a deterioração das fibras. Consequentemente, isso favorece os tecidos e revigora os músculos do rosto.

Pode ser praticada em qualquer lugar

A Yoga para o rosto pode ser feita em casa e sem custo. Durante apenas alguns minutos por dia já é possível realizar as manobras e tonificar a pele.

O ideal é que ela seja feita de manhã, antes da maquiagem, e à noite quando você for dormir. Seguindo assim por um mês, aproximadamente, já é possível tonificar os músculos. Passando esse período, os exercícios podem diminuir para dias alternados, feitos três vezes por semana.

Agora, se a intenção for a de fortalecer ainda mais o pescoço e a face, a Yoga deve ser mantida continuamente.

É uma alternativa não invasiva

Cirurgias plásticas e aplicações de botox prometem uma pele rejuvenescedora de imediato, porém, suas técnicas são invasivas e podem trazer diversas complicações. Os exercícios faciais, por sua vez, são um procedimento natural não invasivo, que além de melhorar a aparência do rosto sai mais barato do que a utilizar lifting ou cremes mais agressivos.

Quais são os exercícios da Yoga para rejuvenescer o rosto?

Para ajudar você a combater o envelhecimento da pele, selecionamos 10 exercícios de Yoga para o rosto. Então, fique à vontade na frente do espelho, concentre-se e realize essas manobras!

Reduzindo as linhas de expressão dos olhos

Permanecendo com um olho aberto, pisque o outro, mas certifique-se de que os músculos em volta dele estão sendo contraídos nesse movimento. Mantenha-o nessa posição por alguns segundos, em seguida, solte. Repita de 15 a 20 vezes.

Combatendo as linhas finas nos cantos dos olhos

Essa manobra é perfeita para minimizar o surgimento dos famosos “pés de galinha”. Relaxe a face, levante suas pálpebras inferiores sem mexer as de cima e mantenha os olhos abertos. Sustente essa posição por 1-2 segundos, e refaça tudo por 20 ou 25 vezes.

Ativando a circulação sanguínea

Posicione os dedos médios nas pálpebras inferiores, logo abaixo do olho, puxe-as para baixo e tente fechar os olhos. Segure a manobra por um período de 10 segundos, depois, repita-a 6 vezes.

Levantando a expressão facial

Abra a boca e faça voltas com a língua para fora, mas não se esqueça de respirar de maneira uniforme. Ainda que possa parecer um pouco estranho, esse exercício ajuda a levantar a expressão e a deixar os músculos do rosto alongados, em alerta. Repita o exercício por 15 vezes.

Minimizando as linhas do sorriso

Sugue a parte interna das bochechas como se fosse fazer um “bico de peixe”, deixando os olhos bem abertos. Permaneça por alguns segundos nessa manobra, e no momento que os olhos começarem a lacrimejar, pisque-os e relaxe o rosto. Repita 20 vezes.

Fortalecendo o pescoço

Com dois dedos de cada mão, massageie o pescoço alternadamente, iniciando as manobras na clavícula e finalizando no queixo. Esses movimentos devem ser firmes e precisos, de baixo para cima. Repita o exercício por mais 15 vezes.

Elevando a testa

Com as pontas dos dedos, eleve suas sobrancelhas para cima. Depois, tente fazer com que os músculos sustentem esse movimento ao mesmo tempo em que você empurre sobrancelhas para baixo. Mantenha a manobra por 10 segundos e descanse. Repita por 5 vezes.

Tonificando o pescoço e o rosto

Esse movimento consiste em sorrir com intensidade para os lados, esticando bem os lábios e tentando segurar a musculatura do pescoço com o sorriso. Em seguida, encoste a língua bem atrás no céu da boca, permanecendo assim por 10 segundos. Volte-a lentamente para uma posição neutra e repita a manobra mais 5 vezes.

Esticando as bochechas

Primeiramente, prenda o ar nas bochechas, de boca fechada, e mude-o de um lado para o outro por 6 vezes. Depois, solte o ar levemente, fazendo um pequeno “O” com os lábios. Repita de 3 a 4 vezes.

Diminuindo o “bigode chinês”

Com a boca fechada, use a língua para empurrar os lábios para frente. Contorne toda a boca por dentro, na frente dos dentes, por 10 vezes em cada sentido.

Além dos exercícios, que outros cuidados são necessários com a pele?

Com a chegada do verão e os raios solares intensos, surgem diversos problemas de pele. Além disso, a prática de uma vida não saudável, com estresse e tensão, contribui de maneira significativa para as rugas prematuras. Então, além de utilizar o protetor solar, é fundamental ter bons hábitos para manter uma pele bonita, como evitar bebidas alcoólicas e o uso de drogas, ter uma alimentação balanceada, beber muita água e dormir bem.

Vale ressaltar, também, que os exercícios faciais precisam ser feitos de maneira correta para que haja um bom resultado. Certifique-se, por exemplo, de que as suas mãos e pele estejam limpas antes de iniciar. Além disso, tente manter sua rotina de Yoga facial no mesmo horário do dia, para não esquecer, e tenha cuidado com a pele durante as manobras — jamais empurre ou puxe-a de maneira agressiva, pois isso pode favorecer as rugas.

A Yoga facial precisa de orientação profissional?

Embora a Yoga para o rosto seja cada vez mais popular e possa ser feita em casa, o mais indicado é iniciá-la com o acompanhamento de um profissional. Isso porque, sem a orientação correta, essa prática pode gerar alguns resultados negativos, como dores de cabeça e fadiga muscular. Em casos mais severos, ações incorretas podem até afetar a musculatura do globo ocular ou prejudicar a coluna cervical.

Além disso, há uma contraindicação para pessoas que fizeram aplicação Botox ou preenchimento recentemente, já que os exercícios faciais acabam sendo restritos pela movimentação da face, diminuindo os efeitos do procedimento.

Por isso, antes de praticar qualquer atividade, procure a orientação de um profissional. Somente ele saberá avaliar cada músculo em uma sessão presencial, indicando as manobras diárias ou preventivas exatas para o seu caso e ensinando você a executar os exercícios faciais da maneira correta.

Por fim, vale lembrar que assim como algumas cápsulas podem ajudar você com a queima de gordura durante uma corrida, certos cremes conseguem potencializar os efeitos dos exercícios faciais. Produtos utilizados nas regiões dos olhos, por exemplo, contêm ácidos e vitaminas que auxiliam o rejuvenescimento facial — e que podem ser melhor absorvidos durante as manobras. Para isso, porém, o acompanhamento de um profissional também é fundamental.

Então, gostou da leitura? Agora, que tal dividir com seus amigos todas essas informações e dicas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude mais pessoas a se manter informadas!

Posts relacionados

2 comentários em “Exercícios faciais antienvelhecimento: o que é yoga para o rosto?

Deixe um comentário