Como estética e motivação pessoal se relacionam

Como estética e motivação pessoal se relacionam

18 de setembro de 2018 0 Por admin

Você está satisfeita com o que vê no espelho? Sabia que apenas 4% das mulheres em todo o mundo se consideram bonitas? Se preocupar com a saúde e com aspectos estéticos do corpo vai além de pura vaidade. Sentir-se bem consigo mesma é essencial para a motivação pessoal.

Bem-estar e beleza andam de mãos dadas. É provável que você já tenha visto, por exemplo, uma pessoa muito feliz e achou que ela parecia mais bonita. Por outro lado, pessoas que se consideram feias, sentem-se menos seguras e realizadas.

Vamos entender melhor como a motivação pessoal tem relação direta com a sua autoestima? Acompanhe a leitura deste artigo!

O que é autoestima?

A autoestima é a percepção que o indivíduo tem de si mesmo. Pessoas com uma boa autoestima tendem a ser mais confiantes, resilientes e positivas, levando uma vida mais equilibrada e feliz.

Contudo, indivíduos com baixos níveis de autoestima desenvolvem um comportamento contrário, tornando-se mais inseguros, frustrados e insatisfeitos.

Como a aparência ajuda a melhorar a motivação pessoal?

Pode parecer um exagero, mas cuidar da aparência e dar importância para a estética influencia positivamente a autoestima das pessoas, melhorando a qualidade de vida e a motivação pessoal. Sentir-se bem com a aparência traz muitos benefícios, além de proporcionar mais bem-estar e disposição. Também auxilia nos relacionamentos.

Pensando na valorização da autoestima e bem-estar pessoal, o mercado estético desenvolveu diversas tecnologias e procedimentos que podem se tornar aliados nesse caminho. Contudo, é importante não se prender aos padrões estéticos ou tentar se encaixar nas imagens das revistas.

Encontre seus pontos fortes e atributos de beleza e, então, utilize as técnicas disponíveis para aperfeiçoá-los.

Quais procedimentos estéticos podem ajudar?

É preciso entender, antes de tudo, quais os resultados que você deseja alcançar e quais os maiores problemas estéticos que estão afetando sua autoestima. Os tratamentos estão, a cada dia, mais completos e você pode procurar desde tratamentos estéticos odontológicos até procedimentos corporais e faciais.

Muitas pessoas se preocupam com a chegada dos primeiros sinais da idade e desejam uma pele mais jovem e hidratada. Nesses casos, é possível optar por procedimentos de peeling facial ou botox, por exemplo. Aposte, também, em hidratantes com ácido hialurônico que retêm a água da pele e ajudam a manter os níveis de colágeno.

Quem se sente insegura para ir à praia por conta das celulites, pode procurar procedimentos de radiofrequência ou carboxiterapia, associados a sessões de drenagem linfática. Uma melhora no aspecto da pele fará com que você se sinta melhor para usar biquínis em público.

As opções de tratamentos para elevar sua autoestima são muitas e devem ser feitas sempre em uma clínica especializada, com acompanhamento de profissionais qualificados. Lembre-se, sempre, de evitar exageros e manter uma vida saudável, com alimentação regrada e exercícios físicos: isso fará com que você se sinta mais disposta e animada.

A aparência e a autoestima estão muito ligadas e, por isso, é preciso tirar um tempo para cuidar de si mesma diariamente. Sentir-se bem fará com que você melhore sua motivação pessoal e tenha uma vida mais equilibrada e feliz.

Gostou do post? Descubra, também, como melhorar o aspecto do colo e eliminar as temidas linhas de dormir.