Autoestima: como cuidar da sua cicatriz de cesárea?

6 minutos para ler

O nascimento do bebê traz grandes felicidades e responsabilidades. O puerpério, que é o período pós-parto, pode ser bem difícil para algumas mamães, inclusive no que se refere à autoestima. Por falar nisso, como é sua cicatriz de cesárea?

Muitas vezes, a cicatrização da cirurgia não ocorre conforme gostaríamos, por muitos motivos até mesmo genéticos. A boa notícia é que, hoje em dia, encontramos diversos tratamentos e cuidados que ajudam nesse processo ou melhoram a aparência da cicatriz.

Quer saber quais são? Então continue a leitura, pois neste post falamos mais sobre o assunto com dicas incríveis. Confira!

Quais os problemas podem surgir na cicatriz de cesárea?

Quando ocorre tudo bem na cicatrização da cesárea, a marca que fica é quase imperceptível e bem fininha. Com o passar do tempo a tendência é ficar cada vez mais parecida com o restante da pele. No entanto, alguns problemas podem surgir comprometendo a estética da cicatriz e também a autoestima da mulher.

Queloide

A queloide acontece quando a multiplicação das células que reparam o tecido é exagerada e ultrapassa muito o limite da linha da cesárea. A principal causa desse problema é a genética, mas estuda-se que outros fatores podem estar ligados, como a ocorrência prévia de infecção.

Cicatriz hipertrófica

Ela é bem parecida com a queloide, pois também há a multiplicação celular exagerada. A diferença de uma para a outra é que a cicatriz hipertrófica respeita a linha da cesárea, apenas fica em alto-relevo.

Escurecimento

Essa também é uma tendência da pele: a cicatriz fica mais escura ou de coloração muito diferente do restante da cútis. É um problema que pode incomodar, principalmente as pessoas que têm a cor mais clara, já que a marca é mais visível.

Como ter uma boa cicatrização?

A cicatrização depende de muitas condições para acontecer da melhor maneira possível. A genética, a alimentação e os hábitos de vida interferem e muito nesse processo. A seguir, confira algumas dicas.

Tenha uma boa alimentação

Uma alimentação saudável e equilibrada é fundamental para a boa recuperação do pós-parto, inclusive da cicatriz. Consumir alimentos anti-inflamatórios e antioxidantes é indispensável, pois ajudam o organismo a cicatrizar melhor os tecidos. Não se esqueça da hidratação também, ok?

Abandone o cigarro

Você sabia que o cigarro prejudica — e muito! — a cicatrização da pele? Isso porque ele interfere na circulação sanguínea e, consequentemente, na chegada de oxigênio e nutrientes para os tecidos. É por esse motivo que abandonar o fumo é indicado em qualquer cirurgia.

Cuide da cicatrização

Antigamente, a recomendação era deixar o corte sem curativos para que houvesse o secamento. Entretanto, hoje, a orientação é comprimir a região do corte. Isso ajuda as células se multiplicarem de maneira mais uniforme. Uma boa dica é o uso de adesivos de silicone. Ficou curiosa para saber o que é esse produto? Nos próximos tópicos contamos detalhadamente.

Quais os tratamentos para a cicatriz de cesárea?

Mesmo tendo todos os cuidados possíveis, todo mundo está sujeito a ter problemas com a cicatriz. Felizmente, podemos contar com diversos tratamentos e procedimentos que ajudam no aspecto da marca e a deixa mais estética. Veja alguns deles.

Adesivos de silicone

Os adesivos ou placas de silicone são grandes conhecidos de quem quer ter uma pele mais jovem e saudável, pois eles suavizam as rugas e linhas de expressão e hidratam a pele. Entretanto, você sabia que a mesma tecnologia também pode ser usada para a cicatriz pós-parto?

Pois é isso mesmo! Existem modelos específicos para tratar as cicatrizes, tanto as novas quanto as antigas. Ou seja, é um método de prevenção e tratamento. Por manter a pele da região coberta muito bem hidratada e comprimi-la, o processo de cicatrização acontece da melhor forma.

Sendo assim, até mesmo as queloides e cicatrizes hipertróficas podem ser evitadas. Os adesivos de silicone da Supérbia são ótimos para amenizar a aparência das marcas, deixando-as mais discretas e uniformes. Eles são feitos de material em grau médico, o que ameniza as chances de alergia.

Cremes e loções

Existem alguns cremes e loções que podem ajudar na aparência das cicatrizes. Uns servem para clarear as marcas escuras e outros, à base de corticoides, reduzem o tamanho das hipertróficas.

Lembrando que para usá-los de forma segura é preciso ter indicação do dermatologista. Somente o profissional conseguirá prescrever as quantidades adequadas dos compostos e a rotina de cuidados para os melhores resultados.

Injeções de corticoides

Para as cicatrizes hipertróficas ou com queloides, uma das alternativas muito usada há anos é a aplicação de corticoides diretamente na região afetada. A substância é capaz de reduzir o volume da marca.

No entanto, em alguns casos pode acontecer da cicatriz ficar deprimida. Isso significa que em vez do alto-relevo, a linha poderá ter baixo-relevo, correndo o risco de incomodar também. Por esse motivo, é preciso da avaliação do dermatologista para assegurar o melhor tratamento.

Laser fracionado e Luz pulsada

Ambos os procedimentos têm o objetivo de suavizar a coloração avermelhada das cicatrizes, assim como amenizar a sensação endurecida que algumas delas apresentam. Eles são feitos por meio de equipamentos e a diferença é que a recuperação do laser fracionado é mais rápida.

Além disso, o laser permite o uso de medicamentos para ajudar no tratamento. As substâncias podem ser para hidratar, clarear ou recuperar o tecido afetado. Tanto ele quanto a luz pulsadas demandam mais de uma sessão para dar bons resultados.

Cirurgia plástica

A cirurgia plástica é um procedimento para cicatriz pós-parto com queloide ou hipertrófica bem invasivo. Deve ser pensado como último caso, já que demanda de novos cuidados com a cicatrização. O cirurgião remove a marca indesejada e refaz os pontos dando origem a uma nova cicatriz.

Sabemos, que os problemas na cicatriz da cesárea podem mexer com a autoestima feminina, que não se sente mais à vontade com o próprio corpo. O bom é que existem diversos procedimentos que podem devolver o bem-estar da mulher, como os adesivos de silicone, que servem tanto para a prevenção quanto para o tratamento dessas marcas na pele.

Quer conhecer mais sobre os Adesivos da Supérbia? Entre em contato conosco agora mesmo, tire suas dúvidas e faça o seu pedido!

Posts relacionados

3 comentários em “Autoestima: como cuidar da sua cicatriz de cesárea?

Deixe um comentário