Autoestima e sucesso profissional: saiba como eles se relacionam

4 minutos para ler

Você já negou uma grande oportunidade no seu trabalho porque teve muito medo de falhar? Já perdeu a chance de se destacar por insegurança? Já voltou para casa frustrada porque recebeu uma crítica que acabou com o seu dia? Essas situações têm muito a ver com a falta de autoestima profissional.

Quando você não confia nas próprias habilidades, duvida da sua capacidade e sente que sempre há pessoas melhores do que você, pode começar um auto boicote e, assim, perder grandes oportunidades. Ter autoestima é fundamental para vencer os desafios da carreira e conquistar novos objetivos, além de ter impactos na saúde mental.

Neste texto, eu vou contar tudo o que sei sobre a relação entre autoestima e sucesso profissional, além de dar algumas dicas para você se valorizar mais. Confira!

Afinal, o que é autoestima?

Como o próprio nome indica, a autoestima se refere ao apreço que você tem por si mesma. Se ela é baixa, você terá uma tendência maior de autocobrança, ao ponto de só enxergar suas falhas e defeitos e parar de notar todos os seus pontos fortes. A consequência direta é a insegurança.

Você pode ter muita dificuldade de ouvir críticas e evoluir com elas, pois elas afetam demais o seu emocional. Aliás, sabia que a perda de autoconfiança em decorrência da baixa autoestima pode até mesmo levar a problemas emocionais? Ansiedade e depressão são alguns exemplos.

Além disso, se você não confia no próprio “taco”, buscará ao máximo não chamar a atenção para si mesma. Mas, ao contrário de uma discrição elegante, esse apagamento na verdade tem mais a ver com a perda de oportunidades na sua carreira e a recusa de desafios que poderiam ser muito recompensadores.

Como desenvolver a autoestima?

Agora que você viu como é a relação entre autoestima e sucesso profissional, veja como desenvolver essa importante habilidade!

Autoconhecimento

O autoconhecimento é um dos mais poderosos instrumentos para identificar seus pontos fortes. Estar a par das suas potencialidades eleva sua segurança para lidar com os desafios do dia a dia profissional e se destacar na carreira. Além disso, o autoconhecimento pode ajudar você a compreender as raízes da baixa autoestima e, assim, tentar resolver essas causas.

Valorização das suas conquistas

Outro passo importante é valorizar as suas conquistas e buscar um processo de empoderamento profissional. Ou seja, enxergar estrategicamente onde você pode se desenvolver cada vez mais e tomar para si a responsabilidade do seu sucesso.

Desenvolvimento de habilidades

Partindo do autoconhecimento profissional, você pode pensar em meios de explorar ainda mais as suas potencialidades e desenvolver os seus pontos de melhoria. Novas habilidades interpessoais, capacitações, especializações, entre outros recursos, ajudam você a se sentir melhor consigo mesma.

Investimento na imagem

Assim como é importante pensar nas suas habilidades e competências, também vale a pena olhar para o exterior. Sua aparência física traz muito impacto sobre como as pessoas veem você, e essa percepção interfere na sua autoestima. Um rosto cansado e um cabelo ressecado, por exemplo, podem levar sua confiança lá para baixo.

Enfim, autoestima e sucesso profissional andam lado a lado, sendo um a causa e a consequência do outro. A boa notícia é que há meios de desenvolver essa habilidade, começando por uma autorreflexão e por cuidados consigo mesma, inclusive relacionados à sua aparência física.

Por isso, baixe meu e-book com 5 dicas sobre imagem pessoal que vão impactar sua carreira!

Posts relacionados

Deixe um comentário