5 dicas de atividades em família que contribuem para a saúde e qualidade de vida

6 minutos para ler

A família é a base de todo ser humano, um dos pilares mais importantes para ter uma vida feliz. Significa amor, proteção, apoio e confiança nas mais diferentes situações. No entanto, devido à rotina agitada, passamos mais tempo trabalhando e em outras atividades do que curtindo a própria família. Mas você sabia que passar mais tempo com ela melhora a sua saúde e qualidade de vida?

E que é possível fazer isso de forma gratuita? Então, confira, 5 opções acessíveis de lazer em família e veja como elas vão mudar positivamente a sua vida e a dos seus entes queridos.

1. Passeio turístico na própria cidade

Quando estamos ausentes na rotina diária familiar, o ideal é criar uma alternativa. Se não há tempo para tomar café ou almoçar junto durante a semana, que tal aproveitar os sábados e domingos ou um feriado prolongado para realizar um passeio com toda a família?

Que tal uma visita turística na própria cidade, aproveitando a programação cultural e gratuita, como parques e museus? Só o fato de mudar de ambiente já possibilita uma sensação de relaxamento e novas vivências em grupo. E por ser perto, é mais fácil de reunir toda a turma.

Ao encontrá-los, evite o uso de aparelhos tecnológicos — como computadores e smartphones — para desfrutar da companhia de seus familiares e afastar as chances de interferências do trabalho ou de outros assuntos. Viva o momento presente!

Aproveite o tempo para conversar com seus filhos: procure saber quais são os seus desejos e planos, o que eles esperam para o futuro e compartilhe as suas experiências. Essa troca é mais valiosa do que qualquer programação.

2. Atividade em grupo

Experimente passar um tempo ao ar livre realizando alguma exercício físico, como caminhada, futebol ou vôlei. Essas atividades ajudam a queimar calorias e ainda estimulam a reposição de vitamina D no corpo. Ou seja, de uma só vez, você terá a interação familiar e ganhos para a saúde de todos.

Mais: concentrar-se no momento presente fortalece o vínculo afetivo, garante bem-estar e ajuda a regular o sistema biológico. Essa iniciativa é capaz de facilitar pequenas dificuldades do dia a dia, como a falta de concentração e problemas de insônia.

Para os jovens, os benefícios são ainda maiores, pois as atividades em família estimulam o sistema cognitivo e melhoram problemas de déficit de atenção e hiperatividade.

2. Cinema em casa com aperitivos

Quem não gosta de assistir a um filme no conforto do próprio lar apreciando alguns quitutes? É um programa irresistível, não é mesmo? Principalmente se for em um dia de chuva ou quando a família mora longe e, finalmente, foi possível reunir todos em casa.

Como as pessoas têm gostos diferentes e para evitar brigas na escolha do filme, preze por obras com conteúdos de interesse comum. Dê preferência aos que entretenham enquanto ensinam valores, mas esteja aberto para as sugestões dos mais jovens.

Uma boa escolha são as gravações de momentos especiais da família, como casamentos, aniversários, desfile, festas e até vídeos caseiros. É uma oportunidade de relembrar os momentos do passado, interagir com os familiares e até de se inspirar para produzir novas recordações.

No caso dos filmes comerciais, existem algumas produções que são de interesse geral, veja algumas sugestões:

  • Breaking Bad: uma das séries mais premiadas da história, tem uma família na trama principal. Um professor de química descobre um câncer enquanto sua esposa está grávida e seu filho adolescente está começando suas aventuras. A série envolve drama, suspense, boa fotografia e ótimos diálogos;
  • Capitão Fantástico: retrata a história de uma família que mora no meio da floresta e que realiza a maioria das atividades em grupo, além de incentivar a leitura, o desenvolvimento de habilidades, como música e esportes, e a força de todos permanecerem unidos, independentemente da situação.

Para acompanhar o entretenimento audiovisual, escolha alguns aperitivos e peça para ajudarem na preparação deles. Por exemplo, uma pessoa fica responsável pela pipoca, outra pelo brigadeiro e o restante lava as louças após a exibição do filme. Essa é mais uma forma de interagir e incentivar a participação coletiva nas atividades domésticas.

3. Jogos e brincadeiras

Engana-se quem pensa que jogos só servem para crianças. Eles divertem pessoas de qualquer idade e ajudam a desenvolver habilidades como concentração, autoestima, aumento do nível de sociabilidade, coordenação motora, argumentação e criatividade. Portanto, aventure-se com os jogos de tabuleiro, videogame, Just Dance e demais atividades propostas.

Que tal uma partida de futebol com um time feminino e um masculino? Ou brincadeiras clássicas, como dominó e xadrez? Você pode criar uma tabela para somar pontos de cada atividade e dar um prêmio simbólico aos três vencedores. Lembre-se de incentivar a competitividade saudável e enfatizar que o objetivo principal é a diversão.

4. Piquenique no parque

Um piquenique, por si só, já é um grande atrativo, mas você pode incrementar a diversão com outras atividades. Lembre-se de preparar um lanche reforçado, de preferência que atenda aos gostos do grupo. Mas não perca a oportunidade de reforçar a importância da alimentação saudável.

Só o fato de afastar-se da vida urbana e respirar ar puro, já melhora o dia e ajuda a observar a vida de forma positiva. Não se esqueça de levar o protetor solar e de fazer fotos para guardar de lembrança.

5. Eventos gratuitos

Criar a própria programação é muito bom, mas há períodos em que não há criatividade ou inspiração para propor uma atividade em família. Nesses momentos, vale a pena pesquisar sobre os eventos gratuitos que estão ocorrendo na cidade.

Um show, uma peça de teatro, exposições, jogos de futebol e até feiras são exemplos de eventos que você pode usar como motivação para unir a família. Fique atento à programação e, se encontrar algo legal, compartilhe com os demais interessados. Se, pelo menos, três toparem, já é o suficiente para contagiar o restante.

Como você pode perceber, essas atividades não só estreitam os laços familiares como ajudam no desenvolvimento dos jovens, melhoram a relação dos casais e ampliam a visão de sociedade. Ou seja, os benefícios vão além da convivência: alcançam o convívio social e ajudam na promoção de saúde e qualidade de vida. Desfrute de momentos únicos e inesquecíveis com os seus entes queridos!

Gostou do artigo? Então, sugerimos a leitura de outro texto que relaciona saúde e família. Aproveite para ver as 5 razões para você cuidar da saúde mental na meia idade.

Posts relacionados

2 comentários em “5 dicas de atividades em família que contribuem para a saúde e qualidade de vida

Deixe um comentário