Sabe como tratar rosácea? A gente explica!

Sabe como tratar rosácea? A gente explica!

17 de abril de 2019 0 Por admin

De repente, você sente uma ardência na pele e percebe que ela está avermelhada, esses são alguns sinais de um problema crônico, mas que tem solução! Afinal, como tratar rosácea?

Existem alguns tipos de problemas que podem se desenvolver na pele, portanto é preciso identificá-los para entender qual o tratamento adequado. Pensando nisso, trouxemos este post com tudo o que você precisa saber sobre a rosácea e como controlar os sintomas. Ficou curiosa? Continue a leitura e confira!

O que é exatamente a rosácea?

A rosácea é uma doença crônica inflamatória de pele bastante comum. Os sintomas mais característicos são a vermelhidão e as lesões inflamadas nas áreas das bochechas, nariz, testa e queixo.

Ela surge entre os 30 e 50 anos e afeta mais mulheres do que homens. Embora seja mais recorrente na pele clara e oleosa, ela pode aparecer em todos os tipos de cútis.

É importante saber que existem 5 subtipos de rosácea: eritemato telangectasia, rosácea pápula pustulosa, rosácea fimatosa, rosácea ocular e granulomatosa. Por isso, deve-se buscar ajuda médica para diagnosticar como tratar rosácea antes de fazer qualquer investimento.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Por que ela aparece?

A causa certa da rosácea ainda é desconhecida, mas podemos dizer que é um conjunto de fatores hereditários e ambientais. Algumas situações podem aumentar o fluxo sanguíneo na pele do rosto, e, assim, surgir a vermelhidão. A seguir, veja quais são:

  • alimentos e bebidas muito quentes, como o café ou chás;
  • comidas picantes;
  • bebidas alcoólicas;
  • temperaturas extremas no corpo sem proteção: muito calor ou muito frio;
  • exposição direta ao sol;
  • muito estresse, vergonha ou raiva;
  • atividade física intensa;
  • sauna e banhos muito quentes;
  • uso de medicamentos, como corticosteroides e os que dilatam os vasos sanguíneos.

Quais são os sintomas da rosácea?

Além do rubor e da ardência, outros sintomas caracterizam a rosácea. Por isso, é interessante saber quais são para buscar ajuda profissional, caso você desconfie que tem o problema. Conheça os sinais:

  • rosto vermelho com pequenos vasos sanguíneos aparentes no nariz e nas bochechas;
  • protuberâncias no rosto que parecem com acne;
  • secura nos olhos, pálpebras avermelhadas, muitas vezes com irritação e inchaço;
  • em alguns casos, a pele pode engrossar, principalmente na região do nariz dando aspecto grosseiro e, até mesmo, modificando o formato dele.

Como tratar a rosácea?

Ainda não existe a cura para a rosácea, mas a boa notícia é que com os tratamentos certos é possível manter os sintomas bem atenuados e evitar os incômodos. Quer saber como controlar essa doença? Acompanhe!

Eliminação dos gatilhos

O primeiro passo para manter a rosácea sob controle é evitar os fatores que fazem com que ela apareça. Afinal, é melhor prevenir do que remediar, não é mesmo? Veja algumas atitudes para isso:

  • não consuma alimentos e bebidas muito quentes e picantes;
  • elimine as bebidas alcoólicas do seu dia a dia;
  • evite a exposição ao sol, ao vento e ao frio;
  • prefira lugares frescos e com sombra;
  • não tome banhos muito quentes ou de sauna;
  • não use dermocosméticos que contenham álcool, adstringentes, ácidos e abrasivos.

Outro ponto importante é sobre as atividades físicas. Elas são fatores que podem desencadear a rosácea, já que gera um fluxo sanguíneo maior. Como elas são fundamentais para a saúde e não podemos deixar de praticá-las, prefira as que são feitas em lugares bem ventilados e protegidos do sol.

Cuidados com a pele

Todos os tipos de pele precisam de cuidados especiais, pois somente dessa maneira é que se mantêm saudáveis e com aparência mais bonita. No caso da rosácea, é preciso redobrar o zelo e usar produtos específicos.

A rotina começa utilizando sabonetes e hidratantes adequados, além do protetor solar para evitar ainda mais agressões à cútis. Geralmente, esses produtos devem ser os indicados para peles sensíveis, porém é necessário uma consulta com o dermatologista para a correta prescrição .

Antibióticos

Muitas vezes, são prescritos os antimicrobianos e os antiparasitários de uso tópico. Isso porque a rosácea favorece o desenvolvimento de micro-organismos, principalmente as que desenvolvem pústulas, o que pode inflamar, caso os remédios não sejam usados.

Se esses medicamentos não derem conta de resolver o problema, são receitados os antibióticos orais. Dessa maneira é possível tratar as lesões e evitar que novas apareçam.

Colírio e imunossupressores

Esse tratamento serve para a rosácea ocular em que colírios com ou sem antibióticos e medicamentos imunossupressores são indicados para melhorar a qualidade de vida do paciente. Nesse caso, é imprescindível o acompanhamento pelo médico oftalmologista.

Luz pulsada

A luz pulsada é um procedimento amplamente utilizado no tratamento da pele. Ela serve para amenizar rugas, olheiras e manchas, além de ajudar na aparência da rosácea.

Esse recurso atua reduzindo os vasinhos da pele e diminuindo os poros, já que ambos ficam muito aparentes na pele com rosácea. Existem diferentes tratamentos no mesmo segmento, como o laser fracionado, cada qual indicado de acordo com a variante da cosárea.

Cirurgia para rinofima

A rinofima é o aumento do tamanho do nariz por conta do engrossamento da pele com rosácea. Durante um tempo, achava-se que essa condição se dava pelo abuso de bebidas alcoólicas, mas hoje já se sabe que indivíduos que não tomam álcool também podem desenvolvê-la.

Para corrigir o problema, é indicado o tratamento cirúrgico com o objetivo de remodelar o nariz deixando-o mais harmônico. A cirurgia pode ser feita por meio de bisturi ou laser.

Além disso, a dermoabrasão também é indicada. O procedimento consiste na aplicação de uma escova rotativa que lixa a pele removendo as camadas mais superficiais. Com a regeneração dos tecidos, surge uma nova cútis mais suave.

É importante lembrar que qualquer tipo de rosácea deve ter o tratamento prescrito por um médico dermatologista ou oftalmologista, se for o caso. Embora seja benigno, todo o cuidado é pouco. Afinal, queremos uma pele saudável, não é verdade?

Muitas pessoas ainda têm dúvidas de como tratar rosácea. Apesar de ser uma doença crônica que não tem cura, dá para controlar os sintomas e, assim, ter uma pele bonita e viçosa. Para isso, é preciso ter alguns cuidados e fazer o acompanhamento médico.

Agora que você já sabe como tratar rosácea, que tal aprender os cuidados com a pele do corpo? Aproveite que está por aqui e leia o nosso post que fala sobre o assunto e traz dicas incríveis!